a fuga de Bin Laden, 2001

Um conjunto de erros das chefias militares dos Estados Unidos, sobretudo em Washington, no final de 2001, permitiu a fuga de Osama bin Laden para o Paquistão, revela um relatório do Senado norte-americano divulgado este fim-de-semana.

O líder da al-Qaeda e os seus principais colaboradores estavam encurralados nas montanhas de Tora Bora, no leste Afegão, e podiam ter sido facilmente capturados, caso os Estados Unidos tivessem montado uma operação militar rápida e decisiva.

Todavia, o Pentágono optou por delegar o comando a milícias afegãs, apoiadas por apenas cerca de uma centena de norte-americanos, conta o relatório. Como consequência, bin Laden conseguiu escapar para as regiões tribais do Paquistão.

«A remoção do líder da al-Qaeda há oito anos não teria eliminado a ameaça terrorista no mundo. Mas as decisões que permitiram a sua fuga para o Paquistão permitiram também que bin Laden emergisse como uma poderosa figura simbólica, que continua ainda hoje a atrair um importante fluxo financeiro e a inspirar os fanáticos em todo o mundo», lê-se no relatório, que o Correio da Manhã cita. Fonte: www.abola.pt

28 de Novembro de 2009

Ora mais um dia passado, aqui são 1h 20 minutos (hora de Cabul) e 20h 30minutos (hora de Lisboa), está quentinho, tenho 2 aquecedores ligados…

Em redor, montanhas brancas guardam o que o céu lhes trouxe!
Oiço Alice in Chains, Angry Chair… boa onda!

A pensar no dia que passou e no que há de vir… amanhã é mais um e menos um!

Este texto é só para vir mostrar o meu nome em árabe, não sei em que dialecto mas o que interessa é a intenção!
Cheio de boas intenções anda o mundo e eu não fujo á regra, que se lixe o que tu pensas, se é que me faço entender!

E para entenderes algumas coisas observas as imagens!

Salaam a-Lagkum… (acho que é assim que se escreve!)

Significados mínimos






Rotina:
Caminho já trilhado ou sabido.
Fig. Prática constante, em geral.
Hábito de fazer uma coisa sempre do mesmo modo.
Índole conservadora ou oposta ao progresso.

Cansaço:
Fadiga; fraqueza.
Bras. Hidropisia.

Stress:(palavra inglesa)
Conjunto das perturbações orgânicas, psíquicas, provocadas por vários estímulos ou agentes agressores, como o frio, uma doença infecciosa, uma emoção, um choque cirúrgico, as condições de vida muito activa!ativa e trepidante, etc.

Respeito:
Sentimento que nos impede de fazer ou dizer coisas desagradáveis a alguém.
Apreço, consideração, deferência, obediência, submissão, temor, medo.
Temor do que os outros podem pensar de nós.

Alegria:
Manifestação de contentamento e júbilo.
O que causa essa manifestação.
Árvore lilácea do México.
Gergelim.

04 de Novembro de 2009

De um lado para outro, de outro para um lado… é assim que ando!

A vaguear por caminhos minados de medo, quase nem se fala no nome daquela gente para não fazer tremer… eu não tremo, eu não penso nisso mas nota-se na cara de alguns, tremem e transpiram medo… debaixo da cor da minha boina ainda não vi um único receio, somos fortes de natureza!
Podemos temer, mas temam-nos também, tenho dito!

“Se fosse fácil estariam cá outros!” é uma frase usada no nosso dia-a-dia e está escrita numa parede, nas instalações da nossa escola mãe.

Para falar a verdade, sinto-me seguro… por saber o que sei e saber o que o meu pessoal sabe, têm experiencia neste grupo, não só aqui como em diversas situações, viemos de diferentes sítios, muita informação adquirida… mas o que os meus olhos vêem vai ficar na minha cabeça, por isso é que somos especiais.

Ontem, um policia afegão matou 5 ingleses… feriu mais algumas pessoas e pronto, é assim a vida por aqui… o dinheiro, o tráfico, o ópio, as leis, a religião, os estrangeiros, os locais… lembras-te do carrossel das primeiras mensagens do blogue? É outra vez algo significativamente parecido! É triste…