dedicatória para أب

Aqueles olhos azuis fixaram os meus olhos verdes, o silêncio instaurou-se.

Na sua difícil abertura ele dizia: "amo-te filho e não te quero perder".

Dos seus lábios apenas saíram um adeus e porta-te bem, mas o engasgar da voz não mente, foi difícil para ele.
Já sonhei com palavras doces, já sonhei com um abraço forte, mas nunca passou de sonhos...

Pessoas frias choram mais que as outras,
no escuro e na solidão,
eu sei que ele não faz por mal,
mas pede a Deus para nunca pedir perdão!

"-Adeus pai." foi o que eu disse, num virar de face como quem não queria acreditar que da ultima vez fosse possível se tratar!

... lá longe, eu sei que ele espera por mim
e
... lá longe, os olhos azuis sofrem de saudade dos olhos verdes.

Sem comentários: