2 vias, um sentido mas sem medo.

Hello..
Parece que o frio passou!
Nem tive tempo para descansar dele e fui logo atacado pelo calor... aqui é assim!

Por falar em ser atacado, foi o que me aconteceu... numa cerimónia algures, a vários km de casa, por um bicho enorme! Quase que ficava sem mão...
Muitas e dolorosas sensações foram sentidas mas fui forte e resisti!

Agora falando em coisas diferentes, sei que estou a desiludir alguns, a surpreender outros e a fazer a vontade de algumas pessoas, não é de grande sacrifício mas também não é de grande vontade... simplesmente tenho alguns pormenores que me desfavorecem!

Quase como a máfia religiosa, ou como as bruxas, um lado negro por baixo de um arco-íris, água mole em pedra dura, tanto bate até que fura! Assim se vive por estes lados...

Baixo a cabeça e o chapéu, não olho para trás e sigo em frente. Lá à frente há vida nova, praia e mar, ondulação que bate na areia lavada, o melhor está aí e vou agarrar a oportunidade.

Segue o meu conselho e não faças o que eu faço!

O outro dos óculos, que salta de pássaros grandes, esse é que tem razão. Que o sabe, sei eu, quando lá chegar espero também o saber. Por isso é que vivo desta maneira.

Outra vez, outra vez e outra vez, eu nunca saberei sem o passar, falo do destino e dos seus caminhos, dos sentidos proibidos e dos sentidos obrigatórios, 2 vias existirão sempre, tu é que não chegarás a saber qual era a outra!

Obrigado a ti, tu agradeces-me depois tá!

Sem comentários: