A selva (urbana)

A selva, tema do Carnaval de Torres Vedras, do ano 2011.
Desde então, derivado ou não ao êxito daquela temporada festiva, tornou-se moda a lei do mais forte. Todo o animal que há em nós despertou.
A selva urbana, sem regras, sem valores e com perigo eminente, assim é o estado das nossas ruas... a corrupção cruza esquinas como se de vento falássemos.
Grandes lideres colocam a mão onde querem e a resposta é inerte, só Ele vê mas também deve estar "ocupado"...
O Otelo fala de revolução, esqueceu-se da falhada ou então lembra-se bem, favorecimentos à parte e descongelem os amigos, a família é grande mas não é a mesma que a minha.
-Sabes muito camarada! O teu lado esquerdo comeu o direito num dia de Abril e já estás com fome?
Usando verdades todos tapam os olhos de quem quer ver, talvez a estratégia fosse ver onde anda a mentira, mas é tão grande que só iria dar positivo.
A selva tem anos, árvores gigantes e fortificadas gerem o terreno conforme a chuva lhes molha as folhas e a erva, já quase seca, é comida por animais ferozes em ataques directos, repetidamente e repetidamente até ... até o quê?
Até a ultima coisa a morrer já tem os dias contados... esperança meus amigos. Mas paguem as propinas que o leão é quem manda. (velho de merda)
Contudo, o tema do Carnaval que se aproxima é o "fim da crise" e ... upsss desculpem, isso foi o que disse o outro mas não quis bem dizer isso, era outra merda que eu entendi como a "continuação da crise", qualquer coisa como "o inicio do fim da crise" !!! Inicio do fim, talvez, talvez...
Carnaval 2012, tema o Desporto, agora é que vai ser correr, transpirar, desviar, pular, fugir... e outros verbos que só de pensar neles me dá vómitos.
A minha sorte é ser atleta desde puto... vou curtir o Carnaval como não o faço à anos! Aproveitei a selva para lá deixa-la. Deixei muito mas ganhei mais, nesta matemática politica o importante é ser bom para quem decide as regras.
S.Pedro rega agora com força e deixa ser eu a regar bem no entrudo...
RRRRRRHHHH...

Sem comentários: