Snipers e histórias

3 de Julho de 2012
Escola de Fuzileiros, Museu do Fuzileiro, numa visita guiada feita por uma escola do ensino primário\secundário. (nem sei!)
Perguntou o cabo fuzileiro à criançada, "sabem o que isto é?, falando ele de um franco-atirador, mais conhecido pelo termo de "sniper".
Ao qual, um miúdo bastante entusiasmado responde rapidamente "é um camper, um acampado"...
Puxou de mim um sorriso rasgado, cruzando conversas de chat de muitos jogos de guerra, mais propriamente shooters de primeira pessoa, com a realidade e termos próprios.
Interessante no mínimo, porque muito se aprende nestes jogos, desde história do mundo, de guerras, armamento e material...
Neste caso, o termo "camper" significa um jogador num modo online (multiplayer) que pouco se move da sua posição defensiva e ali aguarda que uma vitima se cruze com a linha de tiro para lhe favorecer em mais uns pontos.

Deixo aqui nomes de duas personalidades históricas do que melhor fizeram os snipers: (e atalho para historial)
Vassili Grigoryevich Zaitsev:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Vassili_Zaitsev

Simo Häyhä:  http://pt.wikipedia.org/wiki/Simo_H%C3%A4yh%C3%A4

O termo "sniper" vem do século 19, da guerra civil americana, em que houve necessidade por parte dos Estados Confederados da América de criar um grupo de atiradores de elite a fim de eliminar oficiais do norte. Foram recrutados caçadores, que tinham por especial habilidade caçar pássaros pequenos e muito rápidos de seu nome "snipe", daí o termo "snipers". Mas o primeiro país a utilizar esta forma de força em seu exercito foi a Alemanha, durante a primeira grande guerra.


1 comentário:

Anónimo disse...

A palavra em inglês, sniper, tem origem em snipe (narceja), uma ave muito dificil de apanhar pelos caçadores.