o fim

...chegou a hora de mudar algumas coisas, uma dela é o rumo deste blogue, o fim da sua continuidade.
Quando vemos algumas situações alterarem objectivos, emprego e vida pessoal, ao qual não consegues ou não queres que preencha mais do que é devido, pensas e pensas bastante.
Tiramos conclusões, certas ou erradas mas que nos fazem tomar decisões.
O sentido paterno também cresceu, alimentado pelo seu aspecto físico, ao qual pela primeira vez falando me dá uma felicidade extra.
As histórias ficarão para sempre ligadas, continuando a crescer em numero, nesta vida que decidi levar e observar do meio.
Posso dizer que cresci com isto, aprendi situações boas e más, algumas até constrangedoras! Senti pressão e alivio em determinadas alturas em que vocês como testemunhas puderam partilhar o mesmo sentimento.
Espero que vivam este mesmo sentimento comigo, que continuem perto e eu de vós. Para quando a necessidade apertar, ali estaremos novamente.
Vocês sabem onde me encontrar e como o fazer... obrigado.

1 comentário:

Bruno Silva disse...

É pena terminar, pois a sua linha de pensamento é parecida com a minha. Mas a vida é assim.

Força!