mudanças

Estou como o tempo, fecho a porta ao verão, abro a janela ao outono mas coloco já tapetes de inverno... a mudança aconteceu.
Sigo com a ideia. Estou empenhado em cuidar de mim, já não sou uma criança mas tenho uma para cuidar, e só estando bem consigo cuidar bem... :)

J'adore

... ser surpreendido por mentes que o fazem de forma brilhante.

Escolhas difíceis

Um homem tinha 3 namoradas, um dia resolveu que tinha de escolher uma delas para sua mulher.
Resolveu levantar 15 mil euros do banco e dar 5 mil euros a cada uma!
"-Gastem o que quiserem." Disse ele.
A primeira foi a shopping e comprou roupa, jóias, foi ao cabeleireiro e ao salão de beleza tratar da pele etc... voltou e disse ao homem:
 "-Gastei todo o dinheiro a arranjar-me para ti meu amor, porque te amo."
A segunda foi ao shopping e comprou roupas para ele, um LCD, uma playstation 3, filmes porno e mais alguns presentes. Voltou e disse:
 "- Gastei todo o teu dinheiro em presentes para te fazer feliz, porque te amo."
A terceira pegou no dinheiro e investiu em acções, ganhou o triplo e devolveu a parte dele e disse:
 "-Apliquei o dinheiro e ganhei o meu, assim não gastarei do teu dinheiro, porque te amo."
Então o homem pensou...
pensou...
pensou...
pensou...
 e pensou...
quando estava quase a chegar a uma conclusão, pensou...
pensou...
pensou...
e escolheu a que tinha o melhor rabo!

E?

a luz

Pouco a pouco a luz torna-se mais forte, ofusca o que vem por trás mas mostra o que realmente é.
Com lições se aprende, e nada melhor que a experiência para nos mostrar o que está certo ou errado.
Hoje tive uma lição que me indicou também o caminho certo nas várias indecisões que me apoquentavam.
Esta vida não é fácil, mal dos que assim pensam, tristes dos que assim vivem sem saber o que custa, porque é no dia a dia e no meio de todos os problemas que encontramos a luz, a verdadeira felicidade, momentânea e nunca constante mas que vale todo o esforço.
Hoje falei com uma alma perdida, em meia dúzia de palavras mostrei-lhe a luz dando lhe um exemplo. Foi como lhe passar um GPS para as mãos! De repente, nada mais parecia problema!
Minutos antes, um corpo perdido e nele uma alma rica em esperança. Foi deste corpo que falei anteriormente, ....
...
Horas antes, já sem saber o que fazer, dirigi-me ao corpo, com respeito cumprimentei mas pouco mais consegui. Eu estava em choque e ele a olhar para mim, eu perdi a voz e ele perguntou-me se eu estava bom!
Fuck!!!
Ninguém merece... o bicho ataca e não diz quando nem a quem!
Outra vez...
...
Outra cena, horas e horas a discutir, cada um com a sua e afinal apenas foi gastar latim e perceber que gente de merda há em todo o lado..... mas mesmo assim eu já estava vacinado e preparado para perdoar qualquer Judas que me aparecesse à frente.
...
Já o disse, vou tatuar no ante-braço "Não te esqueças do que é realmente importante!".
:/

Dor de cabeça

O tempo de inverno e a gente saloia fazem uma junção fantástica, no que resulta várias dores de cabeça aos quais não podemos ficar alheios.
Orelhudos e mata-leões, o pão nosso de cada dia.
Um dia ainda irei estudar para psicólogo, ou educador de infância ... lol
Disse-me uma pessoa: "-Acho que és maluco!"
Eu: "-Ainda nem me viste chateado!"

Lidar com personalidades fortes dá uma certa pica, sinto-me em casa! E a dor de cabeça é apenas um sinal de que estou vivo.

Rui Costa o campeão do mundo

Rui Costa sagrou-se este domingo (29-10-2013) campeão do mundo de ciclismo, ao vencer a prova de fundo nos Mundiais de Florença, em Itália.

O corredor português, de 26 anos, cumpriu os 272,26 quilómetros em 7:25,43 horas, terminando com o mesmo tempo do espanhol Joaquin Rodriguez e menos 16 segundos que o também espanhol Alejandro Valverde e o italiano Vincenzo Nibali.

Tiago Machado foi 36.º, a 2.01 minutos de Rui Costa. André Cardoso abandonou.

Sonho tornado realidade

Depois de ter vencido duas etapas na edição deste ano da Volta a França, Rui Costa preparou com afinco a participação nos Mundiais de Florença. Envergar a camisola arco-íris significa «uma vida» para o corredor da Póvoa do Varzim.

«Não esperava nada, estava em boa condição mas nunca pensei ganhar aqui», admitiu Rui Costa, pouco depois de se ter tornado o primeiro campeão do mundo português de ciclismo.

«Foi algo que sempre sonhei, mas era difícil de concretizar», referiu.
por :ABOLA